(92)4009-7100

(11)3377-7555

(91)3255-7105


(81)3378-2243

LiveZilla Live Help

Iniciadas as obras para pavimentação do último trecho de rodovia federal sem asfalto de Alagoas
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir



Após 54 anos de espera, comunidades comemoram o início das obras para construção de trecho da BR-316 que corta cidades entre o sertão alagoano e Pernambuco

18072016Em Alagoas, as máquinas já começam a operar para a construção do último trecho de rodovia federal sem pavimentação do estado. Serão mais de 340 mil pessoas beneficiadas com o asfaltamento dos 49,8 quilômetros da BR-316, entre as cidades Canapi(AL) e o Inajá, na divisa com Pernambuco.

A ordem de serviço para o início das obras foi assinada, nesta sexta-feira (15/7), pelo ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, e pelo diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Valter Casimiro.

 

“Nossa gente poderá, com orgulho, encaminhar sua produção sem trepidar o gado, o leite ou seus grãos nas carrocerias dos caminhões que passam pela BR”, disse o ministro dos Transportes Maurício Quintella.

Durante sua participação na cerimônia, o ministro afirmou que a obra marca o início de um novo tempo para o povo de Canapí e demais povoado próximos a região: “Nossa gente poderá, com orgulho, encaminhar sua produção sem trepidar o gado, o leite ou seus grãos nas carrocerias dos caminhões que passam pela BR”, disse.

Segundo ele, os investimentos na BR-316 contribuirão para o crescimento da economia da região garantindo, também, o progresso e o aumento dos rendimentos da população, bem como manter aceso o espírito de prosperidade, comum ao povo sertanejo: “A priorização das obras estruturantes serão a marca deste governo. Parcerias e investimentos promovidos com responsabilidade e transparência para que toda a população seja beneficiada em seu dia a dia, contribuindo para o crescimento da região”.

Para Valter Casimiro, a cada quilômetro pavimentado e construído é uma alegria e um sentimento de vitória para o governo: “Sabemos que cada uma das obras entregues contribui muito para o desenvolvimento das comunidades espalhadas pelo nosso país”, ressaltou.

O povoado Carié, em Canapi, é o marco inicial da obra aguardada há 54 anos, desde a emancipação do município em 1962. Para a população local, a construção do trecho rodoviário representa um importante passo para o desenvolvimento econômico da região. Prova disso, está na história de nascimento do povoado, que surgiu como um pequeno conglomerado urbano, e teve crescimento estimulado pelas obras de implantação da BR-316, que começa em Belém, no Pará, e atravessa Alagoas até Maceió.

O governador Renan Filho agradeceu o apoio do governo federal e ressaltou a importância de se governar em parceria: “ Ninguém governa sozinho. Por isso, deixo aqui meu eterno agradecimento ao ministro dos Transportes, Maurício Quintella, que em suas palavras descreveu exatamente os sonhos e angustias do povo alagoano. Tenho certeza de que com essa parceria ainda realizaremos muitos desejos desse povo que tanto merece”, disse.

Para iniciar as obras, foi necessário o licenciamento ambiental, o qual foi emitido, em junho deste ano, pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama). A partir desta liberação, o Ministério, parlamentares e o governo alagoano firmaram parceria para a obtenção de recursos que garantirão, além da construção do trecho da BR-316, a revitalização e conservação dos demais 225 quilômetros da 316 e a restauração e manutenção de 117 quilômetros da BR-423/110, na divisa dos estados de Alagoas, Pernambuco e Bahia, de Ouro Branco (AL) a Paulo Afonso (BA).

Ao todo, para que as 16 cidades que se conectam à rodovia pelas vicinais sejam beneficiados, serão investidos R$ 170,4 milhões. Os contratos, parte do Programa CREMA do DNIT (Conservação, Recuperação e Manutenção de Rodovias Federais), preveem que as empresas responsáveis pelas obras atuem para reparações nas rodovias durante os próximos cinco anos. O consórcio Ápia/Convap/Consol venceu a licitação.

Segundo o superintendente substituto do DNIT, Alagoas, Fabrício Galvão, “as obras contribuirão para aprimorar a integração da região, reduzir os custos de produtos e melhorar condições de segurança e conforto da população”.

Com os novos contornos rodoviários, as cidades ficarão mais acessíveis para os produtores de municípios vizinhos e de outros estados, o que poderá favorecer o crescimento socioeconômico de toda a região, cooperando, inclusive, com a economia de todo o estado alagoano.

A cerimônia contou com a presença do senador Benedido de Lira, os deputados federais Kaio Maniçoba, Marx Beltrão e Val Amélio, o secretário executivo do ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Fernando Fortes e demais autoridades locais.

Fotos: Alberto Ruy
Assessoria de Comunicação
Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil
Twitter: @mintransportes
https://www.facebook.com/TransportesGovBr/
https://www.flickr.com/photos/mtransportes/


Comentários
Não há comentarios ou sob avaliação
Enviar Comentário




« Voltar